ração para gato

Tipos de Ração para Gatos

Uma das dúvidas mais comuns para tutores de gatos é a alimentação do bichano. Existem tantos tipos de ração no mercado que fica difícil saber qual é a melhor ou a mais adequada.  E como a alimentação do pet é importantíssima, é preciso escolher com cuidado para garantir a saúde do nosso amigo sempre em dia.

Está em dúvida sobre como escolher? Então podemos ajudar:

ração para gato

Posso dar qualquer tipo de ração para o gato?

Não. A escolha da ração deve atender a uma série de requisitos que variam de acordo com as características do gato e suas necessidades nutricionais. Ignorar esses fatores pode fazer com que seu pet acabe doente ou sofrendo com carência de nutrientes. Sendo assim vale a pena passar o tempo pesquisando quais são as melhores opções e também aquela que agrada ao paladar do gato.

Além disso é importante dizer que não se deve dar comida caseira para gatos, pelo menos não aquelas que humanos consomem. Caso esteja interessado em comida caseira para gatos, saiba que existem receitas específicas para a alimentação deles.

Tipos de ração de gato que existem

Na prática existem três classificações de rações para gatos, cada uma com características específicas. Veja quais são elas:

  • Ração Standard: Essa é a mais econômica disponível nas prateleiras. Possui proteínas consideradas de baixa qualidade, base vegetal (que não é considerada apropriada para gatos) e digestão mais complicada para os felinos. Além disso possuir muitos corantes e conservantes. Isso faz com que a porção diária tenha de ser maior. Não costuma vir sinalizado no pacote.
  • Ração premium: Trata-se de uma alternativa considerada mediana por ter uma composição com mais base animais, facilitando assim digestão e absorção dos nutrientes mas ainda assim contém proteína vegetal, conservante e corante. Ainda requer uma quantidade maior para suprir a fome.
  • Ração Super Premium: É a melhor opção disponível no mercado, produzida totalmente com base animal e proteínas de qualidade superior, melhorando a absorção de nutrientes pelo organismo do pet. Não contém corantes nem conservantes, e tende a satisfazer mais rápido o felino. Também custa mais caro do que as rações standard e premium.

Além desses principais tipos de ração também é possível encontrar rações secas e úmidas, rações de acordo com a idade e pelagem, rações light, especial para gatos alérgicos, castrados, idosos, e com outras características.

Rações de acordo com as características do gato

Como mencionamos anteriormente, existem diversas opções de acordo com as características do felino. E são essas que veremos agora:

  • Ração para Filhotes: A recomendação para filhotes são de rações ricas em taurina e arginina, aminoácidos que fortalecem o sistema imunológico dos bichinhos, pois o organismo está em desenvolvimento e requer reforço nutricional. Nessa fase as rações em patê são mais indicadas por serem mais fáceis de digerir.
  • Ração para gatos idosos: Esses bichanos apresentam um metabolismo mais lento, e requerem menos calorias. As rações para gatos idosos são ricas em proteínas de alta qualidade, poucas gorduras, baixa concentração de fósforo, carboidratos de digestão fácil e nutrientes para manter o sistema imunológico em bom funcionamento.
  • Ração para gatos castrados: Gatos castrados tendem a comer mais que os não castrados, apresentando uma tendência maior a obesidade. Sendo assim esse tipo de ração apresenta fibras e nutrientes que dão sensação de saciedade. Rações úmidas são boas escolhas.
  • Ração Light: A ração light é uma boa aliada para lidar com a saúde de gatos obesos pois tem menos gordura e carboidrato que as tradicionais, o que diminui a ingestão de calorias.

Ração úmida faz mal para os gatos?

ração humida

As rações úmidas – sachês, patês e aquelas em latinha – são alvo de muitas desconfianças, mas ao contrário do que muitos pensam, elas são boas opções para os felinos. Embora haja muitas discussões a respeito do teor de sódio que elas contém, a verdade é que veterinários não chegaram a uma conclusão de qual seria o limite para o consumo ser considerado prejudicial para o gato.

Em todo o caso, elas são sim recomendadas para o seu gato, em especial por contribuírem para a saúde do trato urinário. Porém, é importante conversar com o veterinário a respeito da viabilidade de incluir esse tipo de ração na alimentação diária do gato e também a quantidade indicada de alimento, bem como horário.

Como escolher a ração mais adequada para o gato

A ração mais adequada para o gato é aquela que atende as demandas de acordo com a idade e características do pet, assim como aquela que pode ser encontrada com facilidade no mercado e também que se encaixa no orçamento do tutor. Isso é importante pois uma vez que o gato se acostuma com uma ração, pode ser que mudanças não sejam nada bem vindas.

Em caso de dúvidas, convém verificar com o veterinário quais são as opções mais adequadas para o felino, em especial se ele tem características específicas ou problemas de saúde que requerem maior atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *